Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

construtores de catedrais

25.01.21 | olhosqueleem

Milan-Cathedral2.jpg

São fascinantes as antigas catedrais, imponentes, plenas de história e de estórias, cheias de vidas e de mortos. Construções supremas,  provas de fé e tentativas de superação do efémero. Muitas demoraram centenas de anos a serem construídas, aqueles que as iniciaram sabiam bem que não iriam viver para ver a sua obra concluída. É puro amor pelo próximo, iniciar aquilo que sabemos que nunca iremos ver.

Nesta civilização do retorno imediato, talvez seja algo difícil de compreender.

Assim são outras coisas pelas quais lutamos e sabemos que não vão ser concluídas no nosso tempo, talvez no dos nossos filhos (os que os têm) ou pelo menos agimos de acordo com a nossa consciência a busca incessante de um mundo melhor, mais justo, mais fraterno.

 

anda comigo ver o mar...

23.01.21 | olhosqueleem

mar.jpg 

Anda comigo ver o mar, que é a única coisa que conheço tão revolta como o meu coração.  Anda comigo ver o mar, que atira as vagas enormes do seu corpo líquido contra os rochedos até que se desfaçam em espuma, sem um queixume - como eu. Anda comigo ver os azuis do mar em todos os entardeceres de veludo que ainda nos faltam e escuta com as mãos entre as minhas a canção das ondas - selvagem, sofrida, serena e silenciosa.

Como eu.