Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

um amor em controvérsia (reeditado)

01.07.21 | olhosqueleem

image.jpeg

 

Sei que o teu tempo não é meu ...o reflexo dos teus braços são ausência sobre o corpo, e tatua-se nas horas uma saudade em peso morto. Uma estrada feita só de ida, uma espera que se quebra sem norte, nos contornos dos teus olhos delineados a despedida....É um amor que em controvérsia se fez pó e fome. E em todos os vendavais que em ti semeiam o silêncio, já nenhum chama pelo meu nome.

30.10.2020

Nesta data estive a segundos de apagar este blogue. Ainda bem que não o fiz. E sou grata a cada amigo que me lê (mesmo em silêncio).

Pág. 4/4