Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

as imagens e as estórias são espartilhos

29.08.21 | olhosqueleem

espartilhos.jpegOs lugares vivem-se pisando-os, bebendo o ar e caindo ao chão. Nunca estiveste realmente onde não te tenhas perdido, onde não tenhas amado nem beijado nem sofrido, onde não tenhas sorvido o frio da noite, o céu da manhã. São diferentes os lugares que se aprendem dos lugares em que o corpo se ensopou. É assim mesmo, não entendes como, mas é assim, porque as imagens e as estórias são espartilhos, são canais finos e frágeis onde não cabe a alma inteira de um lugar.

vida ou vidas?

24.08.21 | olhosqueleem

image.jpg

Vida? Ou vidas, ou formas distintas num só percurso existencial?
Metamorfose do ser em perpétuo movimento?
Transmutação permanente?
Hoje, outra vez, como ontem ou amanhã, a borboleta tenta aprender a linguagem dos pássaros...
É o baile de sombras esvoaçantes, sonhos, amores ausentes, memórias. Vida ou vidas ?  Vivam, não desperdicem a vida, os momentos. 
(Passei  há uma semana por uma fase delicada, um problema cardíaco, uma veia com um coágulo que foi possível resolver através de um  cateterismo). Grata à vida, ou vidas...

[Imagem: ponte romana na Sertã ] 

Pág. 1/3