Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

a promessa adiada

16.12.20 | olhosqueleem

olhosqueleem.jpg

São os dias a fazer de conta que somos sorriso entre as pedras enquanto o tempo se perde na procura do sentido dos mesmos e fica sempre tão pouco na cartografia das expectativas. 

Resta o fogo do silêncio na mesa e a promessa adiada de uma nova geografia. Ou como escreveu Antero de Quental num dos seus poemas:

"Outra luz, outro fim só pressentido..."

3 comentários

Comentar post