Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

fala-me da velocidade dos silêncios que te emudecem as respostas

um dos textos que adorei escrever (reeditado)

15.07.21 | olhosqueleem

ler-me.jpg

Fala-me dos abraços da tua boca e das previsões de tempestade que abarca. Fala-me dos poemas que nela trazes, como vontades incapaz de dizeres. Fala-me da velocidade dos silêncios que te emudecem as respostas e das aves que desejas imitar quando os voos te saem presos à realidade. Fala-me das lágrimas que afundas na pronúncia de um nome e do segredo de o trazeres amarrado ao coração. Fala-me desse apelo a que a boca te sabe mas, se eu chegar, cala-te. Tenho tanto para te dizer...

Na altura o texto teve 12 comentários. Obrigado a quem me leu.

8 comentários

  • Imagem de perfil

    olhosqueleem

    16.07.21

    Marco,
    O que sinto?
    Fico quieta, muda e deixo a minha alma falar, deixo passar emoções ... sem revolta.
    São momentos pacificadores, de uma paz imensa.
    Um beijinho
    Ana
  • Imagem de perfil

    Marco

    16.07.21

    Fico contente, por te acalmar e poderes entrar no teu mundo onde encontras conforto e paz.
    Espero que nos brindes com mais e mais ...
    Um beijinho
  • Imagem de perfil

    olhosqueleem

    16.07.21

    Marco,
    Das muitas coisas que gosto na vida...algumas não podem ser escritas aqui, mas gosto do meu trabalho, do mar, de ler, de ouvir música, de escrever...
    Ah e de dançar quem diria :) mas preciso de quem saiba mais do que eu e me conduza na dança e contradança. algo que não faço há muito...sim danço sozinha em casa, às vezes..
    Os segredos que arrancas de mim :)
    Mas trabalhar, ler, escrever...é por aí.
    Oxalá te brinde a ti e aos outros com textos inspiradores.
    Um beijo.
    Ana
  • Imagem de perfil

    Marco

    18.07.21

    Olá Ana,
    Até me deixas corar, porque não te quero arrancar segredos, apenas quero que te sintas bem quando escreves .
    Não sei dançar, sou um pé de chumbo, fico feliz que o fazes porque te anima e te faz esquecer as tristezas da vida.
    Um grande beijinho.
  • Imagem de perfil

    olhosqueleem

    18.07.21

    Marco,
    Há anos que não danço.
    Adorava desenhar como tu :)
    Marco, quando a tristeza me invade nada nem ninguém me arranca desse estado...só o passar dos dias.
    Um beijinho
    Ana
  • Imagem de perfil

    Marco

    20.07.21

    Não sou nenhum artista nem formação tive.
    Sei o que falas sobre a tristeza , Um grande beijo
  • Imagem de perfil

    olhosqueleem

    20.07.21

    Mas tens habilidade e desenhas muito bem.
    O resto, querido Marco, eu sei que me entendes...
    Um beijo imenso.
    Ana
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.