Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

não amar é a própria infelicidade

06.01.22 | olhosqueleem

Albert Camus.jpg

Albert Camus
(7 de novembro de 1913 - 4 de janeiro de 1960)
 
E no meio de um inverno eu finalmente aprendi que havia dentro de mim um verão invencível.
A frase deste escritor, que me marcou, entre muitas que retenho na minha memória : " Não ser amado é falta de sorte, mas não amar é a própria infelicidade. "
Quem me acompanha, minimamente sabe que criei fez agora 4 anos uma empresa de apoio domiciliário de prestação de cuidados a idosos...são dias de muita ansiedade, passados em hospitais, consultas, sobressaltos...plenos de histórias narradas pelos mesmos, pelos que ainda possuem a lucidez dos sentidos...outros infelizmente têm doenças degenerativas... alzheimer, demência, parkinson, distúrbios mentais, etc...
Trabalho portanto com uma franja da sociedade abandonada pelas famílias, pessoas que ninguém quer...mas que eu amo.
Contudo, tenho vindo a constatar muita amargura nestas pessoas, pessoas que não foram amadas nem conseguiram amar...pessoas infelizes, revoltadas...e que agora aos 80...90...e muitos anos percebem essa realidade.
Foi a razão de ir buscar Camus para o meu texto.
 
Feliz dia de Reis com os raios de sol a brilhar como estrelas guia nas nossas vidas. 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.