Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

sem ti

11.12.20 | olhosqueleem

màos.jpg


E de súbito desaba o silêncio,
é um silêncio sem ti,
sem álamos,
sem luas,
só nas minhas mãos
ouço a música das tuas. 

Eugénio de Andrade

 

2 comentários

Comentar post