Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

olhos que lêem

vou deixar-te acreditar que decifraste o meu olhar, com a certeza que de mim não sabes mais nada.

sinto que vivo, sinto que sou

15.12.20 | olhosqueleem

15421019_1311747865556452_2801555073799071706_n.jp

 

Não me importa nada que me critiquem. Exactamente como não me importa nada quando me elogiam. Tanto me faz que uma pessoa me elogie como me censure. Eu considero aquilo como uma opinião pessoal e não comparo com coisa nenhuma, porque eu próprio não tenho opinião pessoal a meu respeito. Não me sinto nem herói, nem criminoso, sinto que vivo, sinto que sou.

Agostinho da Silva

4 comentários

Comentar post